No Palestra Itália, Palmeiras empata com Grêmio e desperdiça chance de disparar

Fonte: Globoesporte.com

A festa estava armada para o Palmeiras disparar na liderança do Campeonato Brasileiro: torcida presente em massa no Palestra Itália, noite agradável em São Paulo nesta quinta-feira, e o time em grande fase. Só esqueceram de avisar ao Grêmio, que azedou a arrancada alviverde e colocou fogo no torneio. Apesar de jogar bem, o Verdão não passou de um empate em 1 a 1 com o Tricolor e viu o Goiás – que na quarta-feira derrotou o Flamengo – encostar na tabela. Cleiton Xavier abriu o placar, mas Maxi López empatou logo em seguida, ainda no primeiro tempo.

O incidente lamentável da partida aconteceu aos 36 minutos da etapa final, quando, numa disputa de bola normal com o meia Diego Souza, o zagueiro gremista Réver caiu desacordado e de mau jeito no gramado, causando preocupação geral em todos os jogadores. Ele foi encaminhado a um hospital para observação, mas no caminho já apresentava boa recuperação, e os exames foram apenas por precaução. O jogador foi liberado do hospital no início da madrugada desta sexta. A mesma sorte não deu o lateral-esquerdo Fábio Santos, que sofreu uma pancada ainda no primeiro tempo e teve uma fratura no pé esquerdo confirmada posteriormente.

Com o tropeço, o Palmeiras sobe para 35 pontos, ainda na primeira colocação do Brasileirão, três a mais que os goianos. O Verdão, contudo, poderia ter aumentado para cinco a vantagem sobre o clube do Centro-Oeste se tivesse vencido. O Grêmio aparece agora em sétimo, com 25, dois abaixo da zona de classificação para a Taça Libertadores.

O Palmeiras volta jogar apenas na próxima quarta-feira, quando encara o Atlético-MG, às 21h50m, no Mineirão. Já o Grêmio permanece no estado de São Paulo. No domingo, enfrenta o Barueri, às 20h30m, na Arena.

Palmeiras domina, mas Maxi López estraga a festa

Empurrado por um Palestra Itália praticamente lotado, o Palmeiras foi para cima do Grêmio logo no início do jogo. Não bastasse o incentivo das arquibancadas, o Verdão teve também toda a ajuda do adversário. Com apenas Maxi López no ataque, os gaúchos não possuíam saída para o campo de ataque e acabaram encurrulados.

Apesar de errar passes excessivamente, o Palmeiras conseguiu levar perigo logo aos 12 minutos. Cleiton Xavier tabelou com Obina na intermediária e tocou para Ortigoza invadir a área pelo lado esquerdo. Na saída de Victor, o paraguaio chutou rasteiro, e Fábio Santos salvou quase sobre a linha. Logo em seguida, aos 14, Obina assustou em cabeçada que tocou no chão e passou por cima.

A apatia gremista fez o Palmeiras continuar pressionando, com Marcos apenas como um mero espectador. Aos 27, em contra-ataque, Cleiton Xavier deu lindo passe para Diego Souza na esquerda. O meia invadiu a área, mas chutou à direita na saída de Victor. No minuto seguinte, o gol. O lateral Wendel cruzou com perfeição, e Cleiton Xavier testou no canto direito do goleiro tricolor.

A empolgação da torcida, porém, não demorou a acabar. A defesa do Verdão, até então a melhor do Brasileirão, com apenas 14 gols sofridos, falhou. Aos 31, Souza recebeu lançamento pela direita e cruzou rasteiro. A zaga dormiu, Maxi López se antecipou e bateu seco no canto direito de Marcos, empatando o duelo.

A igualdade no placar derrubou o rendimento do Palmeiras e a vibração dos torcedores. Cleiton Xavier, o melhor em campo, não conseguia acionar Obina e Ortigoza no ataque. A situação só não piorou, aos 40, graças a São Marcos. Jadílson entornou Wendel na linha de fundo e cruzou. Maxi López pegou de primeira e o goleiro fez mais um de seus milagres. Em seguida, praticou outra bela defesa em chute de fora da área de Tcheco.

Times ficam apenas no ‘quase’

No segundo tempo, Muricy Ramalho sacou Ortigoza e colocou Willians para dar mobilidade ao ataque. Já Paulo Autuori tirou Willian Thiego para a entrada do zagueiro Rafael Marques. Os gaúchos, aliás, quase marcaram aos quatro. Maxi López dividiu com Marcos na área e bateu cruzado. A bola desviou em Marcão, e Wendel salvou sobre a linha.

Com o Grêmio se arriscando mais, o jogo ganhou em velocidade. Pelo Palmeiras, Willians foi o encarregado de abrir espaços na defesa adversário. No entanto, aos 17, Cleiton Xavier por pouco não fez o seu segundo na partida. Marcão cobrou rapidamente o lateral, o meia invadiu a área e bateu forte. Victor fez ótima defesa. Aos 24, foi a vez de Edmílson. Wendel cruzou da direita, e o volante, livre na área, errou a finalização, perdendo ótima oportunidade.

Para tentar recuperar a força no meio-campo, Muricy colocou o lateral-esquerdo Jefferson no lugar de Obina, voltando ao 3-5-2. Assim, Diego Souza se transformou em atacante. Paulo Autuori respondeu à altura, com Jonas na vaga de Douglas Costa. Aos 36 minutos, Réver dividiu com Diego Souza, que não teve maldade no lance, e caiu de mau jeito no gramado.

O zagueiro foi retirado desacordado de campo e levado ao hospital Santa Casa, nas proximidades do Palestra Itália. No entanto, no caminho recobrou a consciência e, segundo o diretor-executivo do clube tricolor, Mauro Galvão, já conversava normalmente com quem estava ao seu lado.

Com um a menos, pois já havia feito as três alterações, o Grêmio passou a sofrer forte pressão do Palmeiras, mas mesmo assim levava perigo nos contra-ataques. E o fim da partida foi dramático, principalmente nos cinco minutos de acréscimo. Os donos da casa buscavam o gol da vitória a todo custo – a torcida chegou a pedir a presença do goleiro Marcos na área adversária, em uma cobrança de falta – e o Tricolor tentava prender a bola no campo de ataque. No fim, prevaleceu a força de vontade do time gaúcho, que continua sem vencer fora de casa, mas tirou dois pontos importantes do líder do Brasileirão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: