São Paulo x Palmeiras: melhores defesas decidem quem é o mais forte do Brasil

Fonte: Globoesporte.com

O clássico deste domingo entre São Paulo e Palmeiras , às 16h, no Morumbi, terá uma disputa especial dentro do duelo. Além do encontro de Muricy Ramalho com seu ex-clube, o confronto promoverá o choque entre as duas melhores defesas deste Campeonato Brasileiro .

Líder do Nacional com 40 pontos, o Palmeiras ostenta a marca de 19 gols sofridos em 21 partidas (média de 0,90 gol por jogo). A barreira composta por Danilo, Maurício Ramos, Edmílson e Pierre terá a missão de brecar as investidas de Washington e companhia. Bem ao estilo Muricy, que sempre arruma as suas equipes pelo sistema defensivo, os palmeirenses acreditam que um dos segredos do Alviverde é o comprometimento dos atletas.

– Além do amadurecimento da equipe, o time está empenhado desde o Obina para ajudar na marcação. Com os atacantes ajudando, a bola chega bem mascada para quem está atrás. E nós também temos uma marcação bastante consistente – avaliou Maurício Ramos.

Pelo lado do São Paulo, terceiro colocado com 36 pontos, André Dias, Renato Silva e Miranda comandam a zaga batida 22 vezes em 21 jogos (média de 1,04 por duelo). O desempenho deste ano não é tão surpreendente como o do Brasileiro de 2007, quando o time conseguiu a incrível média de 0,5 gol por partida (19 gols sofridos em 38 jogos). Mas mostra que a defesa segue firme, mesmo com a chegada de novos nomes. Este ano, Renato Silva foi a novidade.

– O entrosamento conta muito. Aqui sai um, entra outro, e não muda muito. Há a humildade de receber os jogadores que chegam, a zaga sempre conversa, sempre dá liberdade para quem é novo e isso facilita muito – explicou o volante Jean.

Apesar de o Palmeiras estar na frente, Jorge Wagner acredita que a defesa do São Paulo ainda é a mais qualificada do Brasil. E aponta a regularidade como um dos elementos fundamentais para que o tricampeão brasileiro tenha tanta força atrás.

– Pelo que comprovamos nos últimos anos, ter uma defesa forte e manter a regularidade têm sido o mais importante no Brasileiro. Por ser uma competição longa é preciso ter um padrão de jogo. A nossa defesa é a melhor. Em primeiro lugar, pela qualidade dos nossos zagueiros, em segundo, pelo tempo que eles atuam juntos. E, por último, pela força do grupo. A marcação não é só ali atrás – acrescentou o camisa 7 do Tricolor.

Apesar das barreiras formadas por palmeirenses e são-paulinos, o zagueiro Edmílson acredita que o jogo será aberto, com os atacantes levando vantagem. O Verdão tem 33 gols marcados na competição, e o Tricolor anotou 29 até agora.

– São as melhores defesas, mas acho que vai ser um jogo com gols. A defesa do Palmeiras está boa porque foi trabalhada desde o Vanderlei Luxemburgo, no Paulista, e com o Muricy continuou. O São Paulo tem a bola parada do Jorge Wagner e as jogadas com o Miranda buscando o Washington para escorar de cabeça para outro atacante – observou o palmeirense.

Domingo é o dia de saber qual muralha foi construída com os tijolos mais resistentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: