Pirataria incentiva Palmeiras a lançar filme histórico em 2010

Fonte: UOL Esporte

O Palmeiras planeja uma ambiciosa ação de marketing para o início do ano que vem. E a inspiração vem de uma fonte pouco comum: a pirataria. Em alerta pela distribuição ilícita de vídeos e DVDs, o clube alviverde acertou uma parceria com a produtora Fox para lançar um filme baseado nos momentos históricos da equipe e minimizar os efeitos do comércio ilegal.

De uns meses para cá, a venda de filmes piratas nas imediações do Parque Antarctica cresceu de maneira acintosa em dias de jogos. O mesmo acontece na Internet com a circulação de imagens de confrontos marcantes do clube e de outros momentos simbólicos, como o pênalti defendido por Marcos na Libertadores de 2000 após a cobrança de Marcelinho Carioca.

“Vimos que tínhamos um grande mercado nessa área. A pirataria não deixa de ser um termômetro do que podemos alcançar. Existe uma demanda muito grande para aproveitarmos entre os torcedores. Só precisávamos achar um parceiro para equalizar a barreira dos direitos”, afirmou o diretor de marketing alviverde, Rogério Dezembro, em entrevista ao UOL Esporte.

Na verdade, o interesse do Palmeiras em lançar o documentário surgiu há alguns meses. Entretanto, foi justamente a procura pelo parceiro que atrasou a produção do filme. “Demoramos para fechar o acordo, pois existem muitos detalhes a serem vistos. Agora finalizamos esse processo e esperamos fazer o lançamento oficial no começo do ano que vem”, completou Dezembro.

O documentário contará com imagens de arquivo desde o período das “Academias” até os dias de hoje. O filme também mostrará novas entrevistas de jogadores e outros personagens dessas épocas para complementar a produção que ainda não tem nome definido.

Esta iniciativa não é pioneira entre as equipes brasileiras. Recentemente, clubes como Corinthians, São Paulo, Grêmio e Internacional lançaram vídeos semelhantes voltados para a torcida e tiveram sucesso de venda. Alguns deles foram até exibidos nos cinemas.

“Não dá para decidir da noite para o dia fazer um documentário como esse e finalizá-lo de maneira imediata. São necessários pelo menos seis meses de planejamento para ser feito um produto de qualidade”, concluiu o diretor de marketing palmeirense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: