“Maldição” da quase liderança e rodada verde marcam fim de semana

Fonte: Portal Terra

Se no último final de semana o São Paulo foi considerado o grande vencedor do Campeonato Brasileiro, por vencer seu compromisso contra o Avaí e contar com tropeços dos principais rivais na luta pelo título, o mesmo pode se dizer do Palmeiras nos dois últimos dias, mesmo sem ter atuado. Ainda com um jogo a menos, a equipe do Palestra Itália foi beneficiada pelo resultados de sábado e domingo e pela “maldição” da quase liderança, que vem assombrando grandes clubes no torneio.

Dono da primeira colocação desde o dia 29 de julho, quando superou o Fluminense na partida que marcou a estreia de Muricy Ramalho, a equipe alviverde só teve a ponta ameaçada em três oportunidades e contou com o fracasso de seus concorrentes. Na primeira vez, após sustentar a primeira colocação por cinco jogos, foi beneficiado por uma vitória do Náutico, que impediu o Goiás de chegar ao topo no dia 20 de agosto, ainda na 20ª rodada.

Desta vez, por conta do adiamento de sua partida contra o Cruzeiro para quarta-feira, o Palmeiras tinha duas ameaças: poderia ser ultrapassado por Internacional e São Paulo caso as equipes vencessem seus compromissos do final de semana. No entanto, foi ajudado por um triunfo do Vitória por 2 a 0 sobre os gaúchos no último sábado, no Estádio do Barradão, local onde o time alviverde foi derrotado na semana passada. Na ocasião, a equipe colorada perdeu outra oportunidade de se tornar líder ao perder para o Cruzeiro dentro do Beira-Rio.

Já neste domingo, em partida que foi transferida para Ribeirão Preto, o São Paulo precisava apenas de suas forças para voltar ao topo do futebol nacional pela primeira vez no ano, após as três conquistas consecutivas do torneio. Apesar de sair na frente e ir para o intervalo festejando a liderança provisória, a equipe de Ricardo Gomes vacilou no segundo tempo e cedeu o empate ao Santo André, terminando a 25ª rodada na segunda colocação.

Com os tropeços dos rivais, em rodada sem vitórias dos grandes clubes paulistas, o Palmeiras soma o mesmo número de pontos do São Paulo (44, mas é superior no saldo de gols) e um a mais que o Internacional. Caso triunfe no compromisso do meio de semana, no Mineirão, o time alviverde abre três de vantagem na ponta e dá passo importante rumo ao pentacampeonato brasileiro, 15 anos depois da última conquista.

Outra equipe verde que pôde festejar os resultados da rodada e entra de vez na disputa por vaga na Libertadores da América e pelo título brasileiro é o Goiás. Diante de mais de 35 mil torcedores rivais no Estádio do Pacaembu, a equipe esmeraldina ofuscou o retorno de Ronaldo aos gramados e goleou o Corinthians por 4 a 1, em tarde/noite da dupla de ataque Iarley e Fernandão.

Agora com 42 pontos (dois a menos que a dupla Palmeiras e São Paulo e um atrás do Internacional), o representante do Centro-Oeste é o novo quarto lugar do Campeonato Brasileiro, deixando para trás na tabela o Atlético-MG. Se no passado o Náutico atrapalhou as pretensões do Goiás, neste sábado ele ajudou o time esmeraldino ao segurar o empate sem gols com os mineiros, resultado que deixa a equipe de Celso Roth com 41.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: