Atletas garantem que equipe continua unida e focada pelo título

Fonte: Site Oficial

Na reapresentação do elenco palmeirense na manhã desta quarta-feira (14), na Academia de Futebol, os jogadores que concederam entrevista coletiva garantiram que a equipe segue extremamente focada na luta pela conquista do título Brasileiro. Para o volante Edmílson, a desconfiança gerada pelos dois últimos resultados não vai interferir no ambiente nesta reta final de competição.

“A gente sabe que o torcedor ficou um pouco triste pelo fato de não termos vencido esses dois últimos jogos. Acho que gerou uma desconfiança até em relação a vocês da imprensa, mas posso garantir que aqui dentro estamos focados e totalmente concentrados. Nosso time é consciente e estamos convictos e preparados para encarar esses nove jogos finais como autênticas decisões.”

Edmílson entende que a derrota para o Náutico foi difícil de engolir, mas deixou claro que o resultado foi compartilhado por todo o elenco. “Não existe essa coisa de reserva ou titular. Continuamos unidos e quem perdeu foi o Palmeiras. Tínhamos como objetivo dois bons resultados contra Avaí e Náutico, mas aconteceram imprevistos. Os líderes falharam na rodada, isso acontece. Mas temos condições de reagir, pois esse grupo já provou ser forte nas adversidades.”

O lateral-direito Wendel compartilhou das palavras e falou que o pensamento do grupo está voltado para a reação imediata na partida contra o Flamengo, neste domingo, no estádio Palestra Itália.

“Aqui internamente não existe negativismo. Nós temos conversado entre a gente e temos autocrítica para saber o que está certo e errado. Fizemos dois jogos que não estavam nos planos, pois queríamos a vitória. Mas mantivemos a vantagem na liderança e só depende da gente manter nossa condição no campeonato.”

O camisa 17, que entrou durante o segundo tempo do jogo contra o Náutico, falou que a atuação desta última rodada não vai se repetir. “Nós temos consciência que foi um jogo fora do normal. Mas não vai se repetir. Se perdemos, a culpa não foi de quem entrou. A partida foi mesmo difícil e não atuamos bem, mas já estamos conversando e trabalhando forte para mudar essa situação já na partida contra o Flamengo.”

Edmílson completou dizendo que, nesse momento, os líderes do time podem fazer a diferença para a equipe voltar ao rumo das vitórias. “Eu procuro cobrar os mais jovens orientando e conversando sobre posicionamento e postura. Já fui jovem e também errava bastante por afobação. Nós temos os pilares do time, e num momento como esse, sabemos como controlar a situação.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: