Palmeiras ganha ônibus, e Marcos vira motorista e ‘candidato’ à presidência

Fonte: Globoesporte.com

Críticas ao time, mas com moderação. Pedido de apoio e compreensão dos torcedores. Tudo com uma pitada de bom humor, risadas e sinceridade. Assim são as entrevistas do goleiro Marcos na Academia de Futebol. Atleta com mais tempo de Palmeiras – são mais de 15 anos -, o arqueiro deu seu show particular na manhã desta sexta-feira com o novo ônibus, que levará a equipe para os jogos do Palestra Itália e cidades mais próximas, e comentou a situação do time, que lidera o Brasileiro, mas não vence há quatro rodadas.
ônibus do palmeiras
Primeiro, o Marcos sério e preocupado com o desempenho do Palmeiras na competição depois de um empate com o Avaí, e derrotas para Náutico, Flamengo e Santo André.

– É um momento ruim para os jogadores. E temos consciência de que não estamos jogando bem. Mas não tem nada perdido. De forma alguma a cabeça vai baixar ou vamos desanimar. Vamos trabalhar porque se pararmos será pior. É falar o menos possível e trabalhar o máximo que pudermos – salientou o arqueiro.

Ao ouvir as palavras de Marcos, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo não escondeu o orgulho de seu goleiro. E tirou onda da situação.

– Pela lucidez das respostas, estou lançando o Marcão para a presidência – disse o mandatário, arrancando risos do camisa 12.

Depois do elogio, foi a vez do Marcos descontraído, despojado e engraçado ao extremo entrar em ação. Aquele que, aliado com as boas defesas e a história de carreira, conquistou palmeirenses e torcedores rivais. Ao ver o novo ônibus do Palmeiras, o goleiro logo correu para conhecer o interior. Encontrou uma cadeira espaçosa, sentou para tirar fotos e soltar suas graças.

– É cadeira para jogador machucado. Olha como ela deita? Ah, agora vai ser minha. Mas eu não vou me machucar mais porque tenho o corpo fechado – brincou ele, para delírio dos fotógrafos e diversão de Belluzzo, que o acompanhava no veículo.

Após a sessão de fotos, Marcos foi para o volante. Depois de tomar algumas instruções com o motorista, ele manobrou o ônibus para frente e para trás, para desespero de quem estava perto. E se divertia.

– Não sai, não. Fica aí na frente. Eu vou tirar carta para dirigir ônibus. Nunca se sabe o que pode acontecer amanhã – gargalhava Marcos.

Depois da curtição, fim da brincadeira. O goleiro volta a se concentrar no desempenho da equipe no Nacional. Na quinta, ele dirigi dentro dos seus limites a equipe que enfrenta o Goiás, no Palestra Itália, esperando não sofrer nenhum novo atropelo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: