Palmeiras fica atrás duas vezes, mas busca empate heroico e segue líder

Fonte: Site Oficial

Palmeiras e Corinthians fizeram jogo emocionante em Presidente Prudente e empataram em 2 x 2 pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro 2009. Com o resultado, o Verdão manteve-se na liderança da competição, pelo saldo de gols. Os destaques do jogo foram os zagueiros Danilo e Maurício, com um gol cada, e Figueroa, com duas assistências.

Para ver tudo o que rolou em Presidente Prudente, clique aqui!

O Palmeiras, jogando de branco por causa do forte calor em Presidente Prudente, entrou com três zagueiros e com Jumar na vaga de Edmílson. E começou o jogo com tudo: logo aos 2 min, Figueroa invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro, mas Obina, livre, não chegou na bola. O Verdão apertava a marcação no campo de ataque, jogando pela esquerda com Marcão explorando a velocidade de Armero. O jogo estava quente, com os jogadores aplicados na marcação e cometendo faltas.

Aos 9 min, Obina, destaque contra o Goiás, apareceu com perigo mais uma vez, recebendo na corrida cara a cara com Felipe, mas o goleiro antecipou e mandou pra longe. No lance seguinte, Vagner Love entrou pela direita e, mesmo marcado, conseguiu cruzar rasteiro, mas a bola atravessou a área sem ninguém tocar. O Alviverde controlava o meio-campo, e tocava a bola em busca de espaços. Aos 13 min, a torcida palmeirense quase gritou gol: Armero mandou uma bomba de fora da área, mas as bola passou raspando a trave.

Obina era o homem da tarde. Os jogadores do Verdão procuravam o camisa 28. Aos 17 min, ele recebeu bom passe de Vagner Love, porém em impedimento. Só que aos 19 min, Marcos, que estava tranquilo na partida, levou um susto: o corinthiano Edu bateu forte da intermediária e a bola saiu por cima. O Corinthians tentava chegar em cobranças de falta, mas a zaga palmeirense, atenta, tirava todas por baixo.

Aos 22 min, ótima chance para o Verdão: após contra ataque rápido, Figueroa correu pela direita e cruzou rasteiro para o meio da área, mas os atacantes Alviverdes passaram a linha da bola. Na sequencia do lance, falta para o Palmeiras na entrada da área. Depois de muita demora pra cobrar, Diego Souza bateu rasteiro e a zaga deu rebote. O camsia 7 chutou de novo, dessa vez de esquerda, mas a bola foi longe. A equipe palestrina continuava superior no jogo, com os laterais Figueroa e Armero se desdobrando em campo. Os dois times, todavia, faziam muitas faltas, deixando o jogo parado.

Aos 30 min, Marcos viu sua meta ameaçada pela segunda vez: Ronaldo invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. A finalização saiu ruim e foi para fora. No lance seguinte, outro susto do camisa 9 corinthiano, dessa vez após cruzamento da esquerda de Jorge Henrique. A cabeçada saiu pela esquerda. Os ataques do Corinthians deixaram Muricy Ramalho irritado. Na beirada do campo, o técnico dava instruções aos jogadores e pedia força na marcação.

Aos 36 min, o Verdão ficou em situação muito delicada: Jorge Henrique recebeu passe, invadiu a área livre e foi derrubado por Marcos. Pênalti, com direito a expulsão do camisa 12. O Goleiro reserva Bruno entrou no jogo, no lugar de Obina. E, de cara, já teve que encarar o chute de Ronaldo na marca da cal. O atacante corinthiano bateu bem e fez Palmeiras 0 x 1 Corinthians.

O Palmeiras ficou nervoso em campo. Danilo, aos 41 min, fez falta dura no meio-campo e levou cartão amarelo. E o primeiro tempo acabou, sem mais nenhuma boa chance. O Verdão foi para o vestiário em desvantagem e com um jogador a menos.

Para a segunda etapa, o Alviverde voltou com novidade: Muricy tirou Marcão, uns dos três zagueiros, e colocou o camisa 11 Marquinhos para tentar reverter o placar. Logo de início, o Corinthians mostrou que ia aproveitar a superioridade numérica, tocando a bola para cansar a marcação Alviverde e tentar partir nos contra-ataques. A tática quase deu certo aos 4 min, quando Ronaldo recebeu na área e bateu, mas foi travado por Danilo, em grande recuperação.

Marquinhos tentava jogadas pela esquerda, junto com Armero, mas o adversário estava todo atrás e dificultava a troca de passes. Aos 6 min, porém, ele ajudou muito o Verdão, sofrendo falta na intermediária. O cruzamento de Figueroa saiu preciso para Danilo, que tocou firme de cabeça: gol do camisa 23! Palmeiras 1 x 1 Corinthians. O Verdão empatava no início do segundo tempo, e a torcida palmeirense foi à loucura.

Diego Souza, com a faixa de capitão, mostrava muita raça. O camisa 7 ajudava na marcação e ainda tentava tramar jogadas com Figueroa pela direita. Aos 14 min, o Corinthians por pouco não fez: o lateral Balbuena bateu forte de fora da área e a bola explodiu no travessão. Mas Diego exibia muita disposição: em duas jogadas aos 15 min, chegou com perigo à área adversária, mas não conseguiu concluir.

Aos 20 min, porém, o Corinthians voltou a ficar na frente. Defederico deu bom passe para Ronaldo, que aproveitou a saída errada de Bruno para fazer seu segundo no jogo. Palmeiras 1 x 2 Corinthians. E a partida voltava a ficar complicada para o Verdão.

Com o calor e o jogo corrido, as duas equipes começaram a cansar e o ritmo da partida caiu. O Verdão tentava achar espaços na defesa corinthiana, mas o adversário estava todo atrás do meio-campo, com apenas um jogador mais adiantado. Aos 30 min, Muricy deu sua última catada: tirou Souza para colocar o atacante Ortigoza, mandando o time de vez ao ataque.

Quando o jogo parecia perdido pelo Palestra, a jogada aérea novamente salvou o Alviverde: aos 39 min, Figueroa, sempre ele, cruzou da direita e o zagueiro Maurício cabeceou sem chances pra Felipe: gol do Verdão! Palmeiras 2 x 2 Corinthians. Com um a menos desde o primeiro tempo, o time palestrino conseguia um empate épico no interior paulista.

Mas o jogo seguia indefinido. Aos 42 min, Dentinho cabeceou livre na pequena área, por cima da meta de Bruno. Já nos acréscimos, o Palmeiras teve boa chance em cruzamento pela direita, mas a zaga adversária tirou. No último lance da partida, o Corinthians cruzou bola na área, sem perigo. Final de jogo, Palmeiras 2 x 2 Corinthians, em grande clássico. O Palmeiras mostrou grande poder de reação, ao buscar o empate na complicada tarde deste domingo (01).

O Verdão volta a jogar no próximo domingo (08), contra o Fluminense-RJ, no Rio de Janeiro, pela 33ª rodada do Brasileirão. Os desfalques certos serão o goleiro Marcos, expulso no clássico, e o atacante Ortigoza, que levou o terceiro cartão amarelo no final da partida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: