‘Curinga’, Wendel defende instituição e mantém esperança no título

Fonte: Site Oficial

Atleta mais antigo de Palmeiras depois do goleiro Marcos -já são 7 anos de clube , sendo 4 como profissional, o lateral/volante Wendel atendeu a imprensa na manhã desta quinta-feira, no Spa Sport Resort, em Itu, e saiu em defesa da ‘instituição’ Palmeiras durante a entrevista coletiva.

“Acho que o Palmeiras, em si, merece ser respeitado. Muitas coisas boas estão sendo feitas e o clube é muito grande. Às vezes, a gente vê uma cobrança excessiva e uma série de especulações que não são verdadeiras. Eu sou um jogador antigo de grupo e posso dizer com transparência que o ambiente aqui sempre foi ótimo. Infelizmente, os resultados deixaram de aparecer, e quando isso acontece, as críticas e as cobranças surgem com rapidez.”

O jogador afirmou que o ambiente entre os atletas é de total confiança para a partida contra o Atlético-MG. “Ninguém aqui está achando que vai ser fácil, muito pelo contrário. O Atlético tem um time forte e experiente, tanto é que também tem chances matemáticas de ser campeão. Mas o nosso sentimento está muito verdadeiro em torno de um resultado positivo. Nós sabemos que uma vitória pode nos deixar com chance de título para a última rodada”, analisou.

Durante a entrevista, Wendel deixou claro que não vê problema com o fato de ter ficado no banco de reservas nas últimas partidas. “O Figueroa entrou muito bem e, como o Muricy falou em uma entrevista, ele quer me ver jogando na lateral. Ele é uma pessoa correta e que manteve uma lógica naquilo que falou”, comentou, admitindo que é um dos polivalentes do time e que aceita atuar em qualquer função, até na lateral-esquerda se for necessário.

“Eu sempre fui taxado de curinga e aceito esse rótulo, pois gosto de ser um atleta prestativo. Se for para jogar na lateral-direita ou como volante, estou à disposição. O Muricy também já me testou algumas vezes na lateral-esquerda em alguns coletivos e eu não vejo problema. Estou aqui para ajudar, sempre respeitando com muita honestidade os meus companheiros.”

Wendel estreou como profissional do Palmeiras em agosto de 2006, no empate em 1×1 contra o São Paulo, pelas Oitavas de Final da Copa Libertadores, no estádio Palestra Itália. Em 2007, ele foi o atleta do elenco que mais atuou em toda a temporada, em 51 dos 60 jogos do ano. Neste ano, já entrou em campo em 35 partidas, sendo 24 no Campeonato Brasileiro. Se jogar contra o Atlético-MG, o camisa 17 estará completando o jogo de número 140 pelo Verdão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: