Palmeiras já exibe independência da Traffic em 2010

Fonte: UOL Esporte

O Palmeiras começa 2010 bem menos dependente da Traffic do que no ano passado. O time que terminou 2009 com 12 jogadores da parceira no elenco agora tem apenas cinco. E só dois titulares. O discurso do presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, que quer reduzir o número de jogadores da empresa no time, já foi aplicado neste domingo, no primeiro jogo-treino do ano. Em Atibaia, onde se concentra até o início do Paulista, o Palmeiras venceu por 4 a 0 o Taubaté, que disputa neste ano a terceira divisão do campeonato estadual.

Nos primeiros 45 minutos, o técnico Muricy Ramalho escalou seu time ideal: Marcos; Figueroa, Léo, Danilo e Armero; Pierre, Márcio Araújo, Cleiton Xavier e Diego Souza; Deyvid Sacconi e Robert. Os titulares fizeram três gols no primeiro tempo -dois de Robert, com passes de Cleiton Xavier e um de Diego Souza.

Os dois meias eram os únicos jogadores da Traffic entre os titulares alviverdes. Nessa mesma época do ano passado, pelo menos meio time do Palmeiras era da Traffic: o zagueiro Henrique, os atacantes Willians e Keirrison (que foram vendidos) e o volante Pierre (que foi comprado pelo próprio Palmeiras no meio do ano passado), além de Cleiton Xavier e Diego Souza.

No segundo tempo do amistoso de domingo, Muricy trocou os 11 jogadores. E a Traffic continuou quase de fora: só o volante Sandro Silva entrou. Marquinhos, eleito a revelação do Brasileiro de 2008, só entrou no final do segundo tempo. Lenny, que também pertence à parceira, não jogou porque fez fisioterapia.

“As intervenções da Traffic no time agora serão mais cirúrgicas”, explicou o gerente de futebol Toninho Cecílio. Dos 12 jogadores da empresa que o Palmeiras tinha no fim de 2009, sete deixaram o clube: os laterais Henrique e Jefferson, os zagueiros Paulo Miranda e Maurício, o volante Jumar e os atacantes Ortigoza e Willians.

As duas contratações que o Palmeiras fez neste início do ano também não tiveram a participação da empresa. O zagueiro Léo (ex-Grêmio) e o volante Márcio Araújo (ex-Atlético-MG) foram comprados com dinheiro do Palmeiras.
Mesmo as tentativas frustradas do clube não contaram com a ajuda da Traffic. O Palmeiras tentou -e não conseguiu- recontratar o meia Valdivia e o atacante Kléber.

O presidente da Traffic, J. Hawilla, afirmou recentemente que a ideia da empresa é diversificar os clubes em que atua. O atacante Muriqui, por exemplo, pretendido pelo Palmeiras, foi para o Atlético-MG.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: