Palmeiras pretende estender modelos de parceria para outras regiões

Fonte: Site Oficial

O acordo do Palmeiras com o CEU (Centro Esportivo União), localizado no Ceten, no município de Itaitinga, na Grande Fortaleza (CE), deve ser apenas o primeiro passo do Palmeiras na criação de modelos de parceria em outras regiões do país.

De acordo com o coordenador das categorias de base do clube, Marcos Biasotto, o objetivo do Palmeiras é ter o mesmo esquema de parceria feito no Nordeste em outras duas regiões. “Nossa meta é encontrar parceiros e adotar o mesmo tipo de acordo na região Sul e Centro-Oeste do país”, explicou.

Biasotto vai permanecer em Fortaleza durante esta quarta (03) e quinta-feira (04) para realizar as entrevistas para contratação da comissão técnica que trabalhará no Ceten. A escolha dos novos profissionais será feita em conjunto com os proprietários do local, os empresários Angelo e Fernando Oliva.

“Vamos contratar treinadores, preparadores físicos e assistentes, que trabalharão integralmente com as três categorias [sub-14, 16 e 18] do Centro Esportivo União. A metodologia adotada aqui será a mesma já feita com os nossos garotos em São Paulo”, explicou, lembrando que os gastos com a comissão técnica não serão do Palmeiras.

Um dos diretores da base do clube, Ademir Prevelato, deixou claro que a intenção é valorizar e agregar a marca Palmeiras com outros centros esportivos sem trazer gastos ao clube.

“Nosso acordo para coordenar o projeto do Ceten não vai trazer gasto nenhum ao Palmeiras, pelo contrário. Vamos supervisionar os garotos de 14 a 18 anos com a nossa estrutura e os nossos profissionais e, com o tempo, obter vantagens com a revelação de novos talentos.”

Francisco Haroldo, que também é um dos diretores da base do Verdão, afirmou que os novos modelos de parceria vão trazer benefícios para o clube e parceiros.

“A marca Palmeiras é muito forte e é importante o clube se preocupar em levar seu nome para outros centros. Se não bastasse elevar a marca Palmeiras em regiões distantes de São Paulo, temos o benefício de agregar valores e revelar novos atletas.”

Lourival Silvestre, outro diretor que comanda a base do Verdão, realizou um discurso emocionado durante o evento que firmou a parceria com o CEU, durante esta terça-feira, em Itaitinga. Ele lembrou das tradições palmeirenses na região Nordeste e citou o trabalho que o Palmeiras tem feito na base há alguns anos.

“O Palmeiras já está servindo como modelo para muitos clubes brasileiros. Nossa filosofia de trabalho é parecida com a adotada no time profissional e levada para as nossas outras seis categorias [sub-11, 13, 15, 17, 20 e time B]. Agora, queremos estender esse projeto para outras regiões do país, e o Nordeste abriu as primeiras portas”, explicou.

“Não fazemos as coisas por acaso. Escolhemos o Ceten por toda a estrutura que é proporcionada e pela credibilidade das pessoas que comandam o projeto. Hoje, o Ceten possui uma das melhores condições de centros de treinamentos de toda a região Nordeste, o que vai de encontro com a importância e a filosofia do Palmeiras”, completou o dirigente palmeirense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: