Marcos vai aguardar final do ano para decidir continuidade da carreira

Fonte: Site Oficial

O goleiro Marcos concedeu uma entrevista coletiva de quase 40 minutos durante a manhã desta sexta-feira (05), na Academia de Futebol, e esclareceu sobre a possibilidade de encerrar a carreira no final desta temporada. O camisa 12 avisou que vai aguardar até dezembro deste ano para decidir sobre a continuidade no futebol.

“Em nenhum momento falei em parar por causa da derrota para o Santo André, mas simplesmente por minha situação física. Minhas condições físicas estão limitadas, perdi arranque e agilidade. Sinto dor no ombro, nos joelhos, nos braços. Quando assinei contrato por mais dois anos, estava bem, sem qualquer tipo de problema. Mas passou esse tempo e eu estou me sentindo com limitações. Já havia revelado essa decisão para alguns amigos, pois não quero manchar uma carreira maravilhosa que eu construí aqui no Palmeiras.”

De acordo com Marcos, a decisão de parar no final deste ano também passa pelo número de jogos que ele vai conseguir fazer em 2011.

“Eu não consigo fazer mais 60, 70 jogos num ano. De repente, posso continuar, mas não ser mais titular. Posso ficar no banco, entrar em alguns jogos. Se isso acontecer, vou até reavaliar o meu contrato. Hoje, o Palmeiras precisa de um goleiro mais jovem, mais paciente e que não sofra tanta pressão. Eu não sou mais o Marcos de 26 anos. Estou com 37 anos e preciso repensar algumas coisas.”

O camisa 12 falou do seu lado torcedor e admitiu que o longo tempo representando a camisa verde e branca não faz mais com que ele seja ‘só’ profissional. “Estou aqui há 18 anos e não tem como eu ser apenas profissional. Minhas decisões, declarações e atitudes também são feitas com o coração. É muito tempo de casa, não tem como eu mudar agora.”

Neste sábado (06), Marcos vai se tornar o segundo goleiro que mais atuou na história do Palmeiras, com 482 jogos, igualando a marca de Valdir Joaquim de Moraes. O primeiro da lista é Emerson Leão, com 617 partidas.

“É uma honra e uma emoção enorme alcançar a marca do ‘seo’ Valdir. Mas em termos de sabedoria, ele ainda está muito à minha frente. Devo parte da minha carreira a ele. Quando comecei como profissional do clube, ele me ajudou demais. Foi como um pai para mim”, revelou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: