Palestra Itália sai de cena para evoluir e virar Arena

Fonte: Portal Terra

Ofuscado pelo momento turbulento do clube, o Estádio Palestra Itália abrirá oficialmente suas portas para a torcida palmeirense pela última vez neste sábado, 22 de maio de 2010. Contra o Grêmio, na primeira partida após a demissão do técnico Antônio Carlos, o time alviverde se despedirá do “Jardim Suspenso”, que será reformado ao longo dos próximos dois anos até ser reaberto no segundo semestre de 2012 totalmente diferente: será uma modernizada arena multiuso, a primeira da América Latina. No entanto, o negócio ainda não é 100% certo e o projeto pode não sair do papel.

Todas as tratativas sobre a reforma da casa palmeirense foram iniciadas em 1998, com a aprovação do primeiro projeto. As obras para a construção da Arena Palestra Itália, contudo, foram iniciadas nos primeiros meses deste ano na área social: até agora, algumas dependências do clube. Depois dos shows das bandas Aerosmith (em 29 de maio) e Exaltasamba (5 de junho), a reforma chegará ao estádio.

A obra terá um custo aproximado de R$ 300 milhões e produzirá um estádio com capacidade para 45 mil lugares em jogos de futebol, todos cobertos, e 60 mil para shows. Serão também 300 camarotes, quatro restaurantes, lanchonetes e lojas do Palmeiras e de eventuais patrocinadores. O clube também ganhará um prédio de estacionamento com 1,5 mil vagas.

A WTorre, por sua vez, ficará responsável pela administração da Arena por 30 anos – inclusive manutenção do gramado. As rendas de jogos do Palmeiras ficarão com o clube, que ainda receberá um percentual de participação das receitas da empresa construtura.

“Só você ter uma parceria com uma arena desse estilo, já aproveitando a localização privilegiada, já demonstra uma certa grandeza do clube”, afirma José Cyrillo Jr, diretor de planejamento do clube e responsável pela reforma do Palestra. “Fora isso, o Palmeiras deixa de gastar na manutenção do estádio e terá receitas extras, alavancando não apenas o futebol, mas como o clube”, acrescenta.

Com o término das obras previsto para 2012, dois anos antes do centenário palmeirense, o clube pretende receber os treinos da seleção italiana para a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. Cyrillo, porém, é cauteloso ao tratar o assunto: “Isso ainda é uma suposição. Seria agradável, mas ainda não temos nada positivo em relação a isso”, diz.

Riscos?
A Arena Palestra Itália, porém, corre o risco de não ser concluída. Uma briga política pode até mesmo inviabilizar as obras este ano: uma lista com aproximadamente 150 assinaturas fez com que seja realizada em 31 de maio uma reunião no Conselho Deliberativo para esclarecer algumas mudanças no projeto. Por isso, até mesmo algumas partidas podem ser realizadas durante a Copa do Mundo.

Mas a briga política que ameaça a construção da Arena Palestra Itália assusta José Cyrillo Jr, diretor de planejamento e responsável pelos assuntos referentes à obra no clube palmeirense. “Para mim o último jogo é em 22 de maio”, atesta o dirigente. “Depois não haverá mais partidas”, assegura.

Anúncios

1 Response so far »

  1. 1

    Sergio R.I. Mendonca said,

    Ola amigo. Evlouir sim, entegar o unico patrimonio que resta para J. W. e sua turma por 30 anos e diferente. O Contrato tem de ser realmente revisado, para se verifcar a existência de algum prejuizo para nosso PALMEIRAS.


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: